domingo, 21 de novembro de 2010

Tudo se vai

Tudo se vai

Vai-se a vida e as vontades,
Tudo se vai com o tempo.
A vida deixa saudades,
Nas memórias que invento.

Das botas de pequenino,
Da cama onde dormia,
Lembro-me Quando menino
Da casa onde vivia.

E de manhã muito cedo,
Deixava meu leito, meu ló,
Corria os montes sem medo,
Pela mão do meu avô.

Lá longe…. Muito além,
Onde o tempo descansa,
Sinto que vejo também,
Bocados da minha infância.

JoXavi

domingo, 14 de novembro de 2010

Outono 2

Que mulher é aquela 
De cabelo grisalho
A chamar o vento?
Que mulher é aquela,
De corpo esguio
A mudar o tempo?
Folhas caídas,
Almas perdidas,
A mulher que invento?
Ela é bela Senhor,
É  Outono.

JoXavi