segunda-feira, 19 de maio de 2014

Navegar

Navegar

Queria navegar em navios verdes,
Por águas azuis. 
Fundas, claras!
Quero navegar.
Pelos sonhos, por todos os sonhos,
Da minha lembrança.
No meu esquecimento,
Rodam em minha cabeça
Imagens feitas memórias.
E recordá-las!
E tê-las em mim!
E ter a força de uma mó.
Um moinho,
Onde tudo se transforma
Onde tudo se esmaga,
Para de novo renascer!
Quero navegar em navios Verdes.
E no meu esquecimento,
Esconder um toque
Um beijo, um olhar!

Jorge Xavier

Sem comentários:

Enviar um comentário