domingo, 2 de junho de 2013

A Rola



A Rola
 
Deixa voar a rola
Por arribas matizadas
Zimbros olham o Douro
Altas fragas encantadas

Deixa voar a rola
Bem cedo de madrugada
Voa por cima das fragas
Bate as asas apressada.

Deixa voar a rola
Nas tardes quentes de estio
Fica quieta em fresca sombra
Canta a rola ao desafio.

Deixa voar a rola
De ribeira a ribeiro
Cantos que a todos encanta
Canta a rola o dia inteiro.

JoXavi.



















Sem comentários:

Enviar um comentário