quinta-feira, 7 de outubro de 2010

R.(5)

- A preguiça gasta a vida como a ferrugem consome o ferro. Ainda cansa mais que o trabalho e anda de companhia com a tristeza.

Sem comentários:

Enviar um comentário